regional    nacional    internacional    especial    tv radar
09 de outubro de 2013, 07h26
Sessão marcada por referendos, acusações, deslizes, bajulações, aplausos e elogios
 



Vereador Diran elogiou o Radar58
[por Edelvânio Pinheiro]

A última sessão ordinária da Câmara de Medeiros Neto (7) foi marcada por referendos, acusações, deslizes, bajulações, aplausos e elogios.

O presidente Hildo Brito (PR) baixou um decreto referendando o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios. Isto é, no entendimento da presidência, a Câmara de Vereadores de Medeiros Neto dá por encerrada a polêmica votação das contas da prefeitura de Medeiros Neto, relativas ao exercício de 2011, quando o gestor era Adalberto Alves Pinto (PMN), Beto Pinto. O decreto dele se baseou no decurso de prazo, uma vez que a Lei Orgânica do Município, em seu artigo 52, estabelece prazo máximo de 60 dias para as contas serem votadas. O prazo havia expirado no dia 5 de outubro.

Advogados consultados por Radar58, entretanto, têm outro entendimento, uma vez que o Tribunal Superior Eleitoral tem vasta jurisprudência indicando que é inconstitucional a aprovação ou rejeição das contas de prefeitos por decurso de prazo.

Quatro vereadores, Laurentino Lacerda (PT), Jádina Paiva (PR), Diran Alves (PSDB) e Jonas Gonçalves (PC do B) - aqueles que desde o início já se manifestaram contra a aprovação das contas -, foram incisivos e, mesmo sem necessidade, por tratar-se de um documento exclusivo da presidência, fizeram questão de referendar o decreto.

O vereador Diran Alves, que insiste em tratar os seus colegas de excelência, sem sê-lo, elogiou o portal de notícias Radar58 pela isenção na cobertura dos últimos acontecimentos na Câmara de Medeiros Neto. “Queria parabenizar o jornalista Edelvânio Pinheiro pela coragem e pela independência na produção de suas reportagens”, elogiou o vereador, que foi aplaudido por todo o público presente no auditório. Diran ainda foi corajoso quando colocou em xeque a confiança que a população deve ter nos políticos. Ele pedia para que os eleitores votassem em candidatos a deputados que estejam comprometidos com Medeiros Neto. “Palavra de político é complicada”, disse, provavelmente esquecendo-se de que faz parte do grupo.

Já Laurentino criticou o vereador Eliezer Vieira (PMN), que não estava presente, acusando-o de em nenhum momento ter defendido as contas do ex-prefeito Beto Pinto, mesmo ele tendo sido o secretário da Administração da época.

A reprodução das notícias é autorizada desde que sejam copiadas na íntegra e contenham a assinatura radar58. As identificações do site nas fotos não podem ser retiradas ou alteradas e não serão tolerados plágios dos textos publicados neste portal de notícias.


• 1 comentários


Mariana Rios   (, )   02.NOV.2013, às 17h37
Quero também parabenizar os vereadores Jádina Paiva e Diran Alves.

© Copyright 2012 - Direitos autorais reservados

Fale com a gente



Nossas Cidades
teixeira de freitas
itanhém
medeiros neto
ibirapuã
lajedão
vereda
Categorias
regional
nacional
internacional
especial
TV Radar
Serviços
Blog Radar
Guia comercial
web designer
Chrystian Rodrigues